Eu só tenho sobrevivido

Sem palavrões

Com gestos inibidos

Apertada pelas emoções

Sem graça

Sem segredo

Um pouco mofada

No meio da arruaça

Eu tenho medo

Da cilada

De ter sobrevivido

Até aqui.

Angélica Teresa Faiz Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Faiz Almstadter em 28/05/2005
Código do texto: T20328
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.