PISCAR DERRADEIRO (poetrix)

o último vagalume

apaga-se na madrugada:

alvorada!

Otávio Coral
Enviado por Otávio Coral em 31/05/2005
Reeditado em 31/05/2005
Código do texto: T21143