Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um poema de levante

Um poema estante
No universo das mãos.
Não obstante,
Esse universo morre,
De levante, nas arestas dos dedos.

Um poema,
Continente de artes,
Sem sirgas - e sem nós! -
Navegará, sempre, nas linhas
Incriadas das margens...
Das margens jusantes.

Cristina Pires
Cristina Pires
Enviado por Cristina Pires em 31/05/2005
Código do texto: T21150


Comentários

Sobre a autora
Cristina Pires
França, 54 anos
87 textos (7327 leituras)
1 áudios (37 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/07/20 20:29)
Cristina Pires