Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu Grito

Eu grito dentro do silêncio da noite
Uivo pelos campos e cantos
Com a alma lanhada pelo açoite
Das esperas e dos prantos
 
Meu grito é um canto doce
Que ecoa de dentro de uma prisão
Sentido como se fosse
O apelo do meu coração
 
Meu grito é da alma o bálsamo
Que entoado estanca a hemorragia
Modulado pra ser belo como álamo
A desfilar nas praças de cada dia
 
Como meu corpo de alfenim
É o meu grito amoroso
Tão palmilhado de mim
Que se espalha cioso
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 01/06/2005
Código do texto: T21189

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 65 anos
1101 textos (64458 leituras)
25 áudios (3297 audições)
1 e-livros (254 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/07/20 10:57)
Angélica Teresa Almstadter