Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Conversa comigo mesma



Euna Britto de Oliveira
www.euna.com.br



A carne se ultrapassa e passa,
Como uma trapaça da vida.
O passado, repassa-se...
O passamento futuro é o pensamento presente.
Quando tudo for feito por todos, menos por ti;
Quando todos se despedirem ante a porta que é só tua,
Uma janela se abrirá para além das coisas feitas.
Desfeitas as malas,
Mal terás tempo de te livrares do excesso que é a  bagagem
Para a viagem que, também, será só tua.
Não se verá mais o sol, nem as nuvens, nem a lua...
Apenas o que não se sabe
E acredita-se que seja, e esteja, e haja...!
Por detrás dos olhos,
A visão calibrada para a nova dimensão
Onde o tempo não existe.
A vida futura será alegre?
Será triste?
Quem não mais viver, verá!
Mas não dirá.

Se até um bebê dá conta de morrer, quem não dará?...
Umas criancinhas mortas, de almas tão velhas!
Uns velhinhos mortos, de almas tão novas!
Quem sabe?...
Deus continua inventando, criando?
Parece que sim.
Inventor não pára!
Criador, muito menos!...

A moça, que era fina,
De uma hora para outra, ficou mal-educada.
Enviou email pedindo pra retirar seu nome da lista,
Sem a expressãozinha  mágica – "POR FAVOR."
Alguma coisa aconteceu com a  moça,
A ponto de transformá-la, ou de revelá-la...
Desconfio que esteja cansada de viver.
Viver cansa.
Mas quem souber ou quiser, descansa!...
Deus deixa.

Ganho poesia no ritual de libertação.
A palavra tem força de cura.
Sara e sua gravidez em idade avançada...
Saro.
Caibo dentro de mim outra vez.
Corpo humano não é macacão de carne,
É templo!
Eu queria tanto falar língua estranha,
Dessa que ninguém aprende –  Recebe!
Dessa que os pentecostais falam, em seus grupos de oração...
Só falo mesmo a língua nacional
E umas duas estrangeiras –  Uma, mais. E outra, menos.
Latim, que é língua morta,
Ficou lá atrás, em iniciação mal acabada...
Em celebrações interditadas.

Puxo-me para fora do poço,
Posso!
Remoço-me.
Quem vivifica e dá novo nascimento é o Espírito Santo,
Aquele que unge.
Diante d´ Ele,
Ninguém finge,
Nem foge,
Mesmo sem alforge...
Puxo-me para dentro do tempo.
Contemplo!...
Euna Britto de Oliveira
Enviado por Euna Britto de Oliveira em 10/03/2010
Código do texto: T2130076
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Euna Britto de Oliveira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
995 textos (38069 leituras)
6 áudios (365 audições)
12 e-livros (693 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/19 19:55)
Euna Britto de Oliveira