POETA DIGITAL...

O vento que sopra aqui

Não é o vento minuano

Das cochilas do Rio Grande

Mas tem um galope altaneiro

Levando-nos através dos sonhos

Por entre ilusões poéticas,

Unindo-nos!

Em rima perfeita ou não,

Por sobre um mar de paixões

Aonde vamos bordando palavras

Da alma e do coração...

Fazemos deste mundo novo:

O mundo da Internet!...

Um mundo de encanto e magia

Onde astros e estrelas

Brilham como ninguém

Fazendo inveja a lua...

Viajando por entre montanhas

Onde se esconde o sol...

Almas que voam ao infinito!

Corações que amam...

Em um galope desenfreado.

Entre sorrisos e lágrimas

Vamos dizendo, a nossa maneira

Dos sentimentos que temos,

Dos sonhos e esperanças!...

Ou dores de um amor perdido

Deixando-nos no esquecimento

Aos caprichos do vento

Que nos leva em seus braços

Por outros caminhos!

Outras passagens...

Talvez à novos amores!

Assim é o poeta!

Um eterno cantador...

Confunde-se em verdade e ilusão

Ou ilusão em verdades...

Sabe apenas que precisa falar

Mensageiro dos sonhos!...

Vivaz, de uma imaginação fértil!

Ser o cantar e cantar...

Amante da própria poesia!...

Habitante especial

Do vasto mundo da Internet

Cavalheiro errante

Da imensa aldeia global...

Santo André

SP-BR

CARMEN CRISTAL
Enviado por CARMEN CRISTAL em 04/06/2005
Código do texto: T22011
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.