Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Égua no cio.

Amazonas de líbidas ancas,
Doma-me em teu sexo
Sempre que em mim cavalgas.

Insaciável demônio!
De lânguida língua divinal.
Égua alada no cio.

Nem Boreas transmutado
Em negro e veloz corcel
A sacia em tua libido.

Ninfa de seios angelicais!
Entre tuas pernas
Mesmo os deuses são mortais.





Mulungu
Enviado por Mulungu em 19/06/2010
Reeditado em 13/04/2014
Código do texto: T2330061
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Mulungu
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil
124 textos (7787 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/02/21 22:11)
Mulungu