oração do pai nosso conforme a causa cósmica dos mundos

pai nosso,

causa cósmica dos mundos,

movimento

fim mesmo em seu princípio ser essência

existimento e potência

infinitude física de energia alucinada

para a vida e para a morte.

pai.

rendo-me na noite ao céu do mundo,

do mundo azul chamado terra,

e vou distante

como olhasse o universo e não sinto os pés no chão,

além de ti é ti somente

ser não sendo força viva do presente

eternamente,

vitral gótico de meus olhos clarabóia onírica da minha paixão.

pai.

inferno e céu de meu amor.

meus átomos rodopiam

afora o corpo e afora a mente e agregam corpos

diluentes

do futuro e do passado, reza ensandecida de meu corpo para ti,

universo do mundo.

névoa ininterrupta da inocência aritmética.

perdão rijo dos músculos tácitos da uva,

vinho da uva,

fermento do pão, água da chuva, semente da uva, terra do chão.

pai.

pai universo,

irmandade de forças e energias e átomos e sonhos,

caos, abismo e harmonia,

ritmo e melodia, nexo e desnexo,

pai universo,

causa cósmica dos mundos,

pai nosso,

que estais no céu.

*esta oração é parte do escrito profético-filosófico: "a cosmo-profecia do movimento ao infinito"... para adquirir esta obra, acesse:

http://www.perse.com.br/novoprojetoperse/WF2_BookDetails.aspx?filesFolder=N1310641907750