Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANOITECEU EM MIM

Anoiteceu em mim...

Percorro madrugadas cinzentas
sem lua...noites nuas
sem os brilhos de cristal sorridentes
que iluminavam o horizonte
do meu olhar feito poesia.

Onde estarão as melodias
que o arco-íris entoava
no infinito do meu sentir?
Agora...escuto somente
as canções das lágrimas
derramadas na minha solidão!

Procuro a beleza das minhas
manhãs perdidas...
mas vislumbro somente tristeza...
caminhos de silêncio... de agonia.
Minha alma fria...sem alegria...
sem vida!

Onde estarão as emoções
que afagavam o meu coração?
Em que nuvem de desilusão
de mim se apartaram?
Tento voar...mas em vão!
As minhas asas estão feridas!
Tento apagar a escuridão
com o sol da esperança
mas os dias tornam-se ainda
mais escuros e sombrios
e as chuvas de Inverno
não cessam de cair
nos labirintos da minha alma
inundados de mágoas
onde nada me acalma.

Naufraguei nas ondas da ilusão
e não sei onde me encontrar.
Fanny Estrela
Enviado por Fanny Estrela em 22/06/2005
Código do texto: T26791


Comentários

Sobre a autora
Fanny Estrela
Portugal
230 textos (7969 leituras)
1 e-livros (104 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/20 22:04)
Fanny Estrela