AMOR CIGANO...

Esta inquietude que se faz ardente

Chama a queimar sem controle

Emoções a impor sobre os sentidos

Coração errante que só quer amar!

Uma vida buscando por paradeiro

Cruzou mares, andou continentes!

Amargou o frio das terras geladas

Penou no calor dos desertos...

Enfrentou as intempéries da natureza

Chorou, mas firme, forte, não lamentou!

Jamais desistiu de encontrar um lugar

Um amor que lhe fosse companheiro

Ardente, fogoso, um amor verdadeiro!

Pronto a compartilhar, a vencer o tempo...

Santo André

SP-BR

30.05.2005

CARMEN CRISTAL
Enviado por CARMEN CRISTAL em 26/06/2005
Código do texto: T28116
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.