Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

    ** Vaidade**
 
Eu hoje contemplo este universo!
Esta febre que tumultua, avança.
Sem medidas...Em nome da vaidade
Que faz mal a tantos...
E tão bem faria se bem conduzida!
Mas eu creio que a vaidade ia cair bem
Se destemida
Se alguém a soubesse quando e sentida
Por quem...
Confesso que a derramaria sob teu olhar
Nestes sonhos meus, em que vaidosa.
Por todos os caminhos te seguiria!
Sendo presa pela tua mão...
Eu sentiria como minhas, as asas da liberdade!
Encorajando-me a desabrochar
Na agreste cantiga dos ventos
E no brando olhar...
Que recompensa uma sublime ilusão...

Eu seria a mais vaidosa criatura!
E cantaria pra ti, todos os versos que perdura.
Quando de ternura...
Uma vaidade possa ter nome e sentimentos.
Em saber embalar um coração...
Deixando-o flutuar em todos os tempos
Onde o amor...
Saiba as notas, e entoe a própria canção!
                         ******
07/06/2011

IZA SOSNOWSKI
Enviado por IZA SOSNOWSKI em 07/06/2011
Reeditado em 07/06/2011
Código do texto: T3020663

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
IZA SOSNOWSKI
Minas do Leão - Rio Grande do Sul - Brasil
516 textos (20256 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/05/21 09:46)
IZA SOSNOWSKI