Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Oito ou Oitenta...


Euna Britto de Oliveira



Não nasci planeta,
Não preciso me preocupar com órbitas.
Com óbitos, sim!
Tulipas e tamancos holandeses enfeitam a casa.
Comprei alguns pares desses tamancos, que pesaram pra trazer,
E agora, eu me pergunto: — Por quê? Pra quê?...
Para eles, Amsterdam, nunca mais.

Nada tenho contra
Quem fez a burka mais negra,
Quem usou a saia mais curta,
Quem cortou a corda que prendia o barco ao ancoradouro,
Quem fez a sopa de pétalas de rosas e temperou com ciúme, quer dizer, perfume...
Quem passou pela mesma prova de fogo dezenas, centenas, milhares de vezes...
E, mesmo assim, ainda não aprendeu!
Quem tem de aprender sou eu,
Aprender a ser sábia!
Santa Sofia não é apenas o nome de uma mesquita, hoje museu, de Istambul;
Sofia é a própria Sabedoria, que é Santa!...

Isto também é promessa: – “Inimigos não comerão o que plantastes.”
Não sei que dia do mês é hoje.
Da semana, sei que é sábado.
Não sei por onde começar uma história que começou em 80...
Há quem seja 8 ou 80!
Sou 8 e sou 80.
Gosto mais de ser farturenta!

Há quem raciocine e, mesmo assim,
Assine embaixo de uma ilusão.
Aos mais fracos, as melhores armas!!!...
As árvores podadas desenvolvem-se!...

Euna Britto de Oliveira
Enviado por Euna Britto de Oliveira em 19/09/2011
Código do texto: T3229518
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Euna Britto de Oliveira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
995 textos (37721 leituras)
6 áudios (365 audições)
12 e-livros (693 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/19 04:24)
Euna Britto de Oliveira