Amo Você!

 



Rosa Pena

*

 

 

Montei um esquema.
De Pitágoras,
decorei o teorema.
O quadrado da hipotenusa
=
a soma dos catetos?
Elevados a dois, ora pois.

O resultado
deu uma intrusa.
Novamente
fiquei para depois.

Tentei então
traçar sonetos.
Continuei exclusa.
 
Faço agora este poema
de versos
dispersos
sem rima.

Atina! 

Do alfabeto
não necessito de A a Z.
Só quero escrever:
-Amo você!!!

 

2002

 

        




Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 29/11/2004
Reeditado em 31/07/2008
Código do texto: T324
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2004. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.