Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Em construção

Vejo minhas armaduras derreterem,
As fechaduras abrirem sem chaves,
Os pisos tão sólidos movendo-se,
As paredes em rachaduras caindo;
D
e
m
o
l
i
ç
ã
o
...
Estou em
cons-tru-ção:

Com tijolos do amor e paixão,
Abstratas paredes de melodias,
Janelas que mostram estrelas,
Uma porta que abre meus versos,
E meu corpo moldado no teu.
Pupila
Enviado por Pupila em 01/02/2005
Código do texto: T3251
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Pupila
São Paulo - São Paulo - Brasil
723 textos (22703 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/05/20 08:42)
Pupila