Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ritmo

       


  São duas da tarde, horário de verão.
  O ônibus encosta para pegar passageiros,
  O caminhão aguarda sua vez de passar na estreita rua.
  De frente a janela, o mercado sorri,
  Com sua boca cheia de gente,
  Empurrando carrinhos de compras.
  Faço silêncio.
  Um pássaro solta seu trinado.
  O vizinho prega um prego na parede.
  A rede da tarde vem cheia de gritos.
  O pássaro continua seu ritmo
  Indiferente a todo esse alarde.
  Lá fora pessoas e carros continuam
  Seus destinos indiferentes ao pássaro.
  Hoje o meu ritmo é de silêncio,
  De ouvir pássaros cantando.
Laura Duque
Enviado por Laura Duque em 19/11/2011
Código do texto: T3345051

Comentários

Sobre a autora
Laura Duque
Cabo Frio - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
293 textos (29127 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/04/20 02:12)
Laura Duque