Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Cura



Há tanto o que se esquecer nesse meu pensar cansado.
Não gosto dessas lembranças.
Amargo veneno são as mágoas.
Gasto esse sentir velho, fedendo a mofo, para que se esgote.
Para que sangre nas lágrimas derramadas do passado.
O rosto menino da fome.
A trança da criança sem laço de fita.
Essa depressão maldita que me devora.
Quero vomitar essa culpa.
Tão minha...
Tão sua.
Curar-me desse câncer chamado memória.
Coisa esquisita é viver.

Laura Duque
Enviado por Laura Duque em 19/11/2011
Reeditado em 19/11/2011
Código do texto: T3345053

Comentários

Sobre a autora
Laura Duque
Cabo Frio - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
293 textos (29127 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/04/20 03:48)
Laura Duque