Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dona

Você é tão fechado
Tão careta
Homem de mulher só
Só, solitária, abandonada
Então,
Você pega e transforma em sua
E se diz
Homem de mulher só
Sim, senhor, de mulher só!

Enruste o teu desejo
Teu lado cão, alazão
Esconde todo teu tesão
Por causa de mulher só!
E fica lá dentro
Pensando, remoendo
Como queria mulher rueira
Mulher que te virasse pelo avesso
Te fizesse devasso
Que te deixe esgotado

Mas,
Por teimosia
Por arrelia
Quer mulher só
Mulher que senta no sofá, que veste camisola
Que põe a mesa – com faca do lado esquerdo

Eu não!
Coloco faca do lado direito
Pra comer com a esquerda – que é impura!
Coloco vinho no macarrão
Pra embebedar – ficar com tesão
E perder a razão!
Ser muitas em uma só!
Fátima Batista
Enviado por Fátima Batista em 10/12/2011
Código do texto: T3381041
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fátima Batista
Santo André - São Paulo - Brasil, 56 anos
1436 textos (75146 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/07/19 13:17)
Fátima Batista