Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TUDO**

Tudo são mãos pedintes do farol
Crianças caídas nas calçadas clamando saídas pra suas vidas perdidas

Tudo são ruelas tristes e escuras
Gente simples na favela fazendo força para que a vida ali floresça

Tudo são crianças abandonadas
nos apartamentos com seu videogames em solitárias batalhas

Tudo são famílias em dispersas
em guerras internas neuróticas e fartas discórdias


cp-araujo@uol.com.br
Célio Pires de Araujo
Enviado por Célio Pires de Araujo em 13/07/2005
Reeditado em 21/10/2006
Código do texto: T33913


Comentários

Sobre o autor
Célio Pires de Araujo
São Paulo - São Paulo - Brasil
1375 textos (38315 leituras)
2 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/11/20 02:42)