Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAOS



Vejo cairem as travas

que cobrem meus olhos

ruem todas as estruturas

que edificam meu ser

Já não sei se....

 

Cato minhas feridas

antes que ele se instale

ou espero resignado

silenciosamente o fim.


Luís Carlos Mordegane
©2011

MORDEGANE
Enviado por MORDEGANE em 22/01/2012
Código do texto: T3455459

Comentários

Sobre o autor
MORDEGANE
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil, 64 anos
69 textos (5722 leituras)
1 áudios (38 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 06:23)
MORDEGANE