Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor Virtual e Real



Estava à procura do nada
E foi assim que te achei
O meu amor virtual
Que eu chamo de Bebe
E que me chama de Sil.
Ai que me enlouqueces Bebe
Eu nada queria da vida
E tu me apareces do nada
Para me tirar a paz
Tirar-me o chão enfim...
E para me dizer baixinho
Pelo telefone:
Sil eu te quero tanto
Eu te amo me acredites...
Eu te respondo:
Impossível, eu sou uma mulher madura!
E ai me quebra de vez,
Conquistas-me para sempre,
Ao me dizer sorridente
Tu es a mulher madura
Que ainda se conserva pura...



Mulher Camaleoa
Mulher Camaleoa
Enviado por Mulher Camaleoa em 21/01/2007
Reeditado em 08/02/2012
Código do texto: T354255

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Mulher Camaleoa
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
369 textos (17502 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 07:38)
Mulher Camaleoa