Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perfumes de um Malandro

Quando eu chegar no samba
E dançar meu samba bamba
É que o bicho vai pegar
Meu perfume estará no ar

Meu perfume é igual aos outros
Perfumes
Mas não é o mesmo perfume
É como a flor e a fruta
Se tocam
Mas é cada uma em seu lugar

Quando eu chegar no samba
E dançar meu samba bamba
Meu perfume vai encantar
A melhor mulata deste bar

Essa mulata é igual as outras
Mulatas
Mas não é a mesma mulata
É como a Julia e a Ana
Se tocam
Mas é cada uma em seu lugar

Nesta vida de malandro sabiá
não misture os perfumes das mulatas
Flores para Julia, frutas para Ana
Ou terá que assobiar e chupar cana

Nesta vida de malandro sabiá
não misture os perfumes das mulatas
Frutas para Julia, flores para Ana
Ou terá que assobiar e chupar cana

E se misturar?
É Juliana
E se misturar?
É Ana Julia
E se misturar?
É assobiar e chupar cana
Rafael Sales Rios
Enviado por Rafael Sales Rios em 29/01/2007
Reeditado em 24/08/2009
Código do texto: T362456
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Rafael Sales Rios
Salvador - Bahia - Brasil, 33 anos
58 textos (5884 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 00:44)
Rafael Sales Rios