Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SERRA DO JAPI

Na cidade onde nasci,

há o encanto e beleza

da serra do Japi,

nela deito meu olhar,

repousante visão da natureza;

Vejo daqui

a exuberância da silhueta,

modelada com verdejante imponência,

no fino recorte circundante,

subindo em suave saliência,

que cena do Divino Autor!

Ah! minha Japi

tu acalma a alma,

seja noite ou dia,

impossível não te admirar,

pois sob os raios do rei,

ou clarão do luar,

és a essência da poesia;

O vento brando passa te acariciando,

tocando, embocando

teus arbustos, arvoredos,

e a nativa flor

traz na aragem

a fragrância, olor

que não sei decifrar,

mas como é maravilhoso

sentir e aspirar!

Ah! Serra do Japi,

místico presente

revelando a presença de Deus,

no torrão onde nasci

da minha doce e querida Jundiaí!





ANDRADE JORGE

OUT/2004

Direitos autorais registrados

Registro Fundação Biblioteca Nacional

Rio de Janeiro/Brasil
ANDRADE JORGE
Enviado por ANDRADE JORGE em 22/07/2005
Reeditado em 20/02/2015
Código do texto: T36835
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
ANDRADE JORGE
Jundiaí - São Paulo - Brasil
1231 textos (104936 leituras)
32 áudios (2153 audições)
2 e-livros (332 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/09/21 16:52)
ANDRADE JORGE