Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JARRA e  FLORES

Tão singelas e tão cheirosas
as flores na mesa, deitadas,
ao lado da jarra, orgulhosa
para nela serem arrumadas.

Diz a jarra, eu posso mais
tenho força, tenho poder
e nenhuma de vocês é capaz
de me derrubar, me vencer.

As flores assim humilhadas
nem responderam, calaram
sabiam-se fracas, coitadas,
beleza e perfume exalavam

Na jarra, foram colocadas.
Esta, triunfante, dissera:
Agora, por mim, serão levadas, 
Mas o contrário se fizera

Um gato que pulou sobre a mesa
derrubou a jarra no chão,
as flores que estavam presas
cairam todas de montão.

Alguem as pegou e levou
para outro recipiente, colocar
mas a tal jarra que quebrou
jamais voltou ao seu lugar!

Porem, a jarra que aqui está
Foi pintada com dedicação
Por isso é que ela será
uma peça de Exposição!


(Pintura feita à óleo sobre tela)
EN/VicMag.












Victoria Magna
Enviado por Victoria Magna em 04/02/2007
Código do texto: T369645

Comentários

Sobre a autora
Victoria Magna
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
329 textos (141466 leituras)
1 e-livros (106 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 02:55)
Victoria Magna