Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AS MENINAS DA RUA AURORA

AS MENINAS DA RUA AURORA
São Paulo

As meninas da rua Aurora
Têm os seios de fora
Têm as pernas de fora
Têm o sorriso cansado dos abraços noturnos
Elas gritam nos bares
Amam os sem nomes
Morrem tuberculosas defendendo seu homem

As meninas da rua Aurora
Entregam-se, se vendem
Perdem-se nas madrugadas com as pernas de fora
Com os olhos de fora
Odiando a aurora que chega de fora do mundo
Quando as meninas podem dormir e sonhar.

As meninas da rua Aurora
Têm nomes falsos
Cílios falsos
Têm o corpo prostrado do amante diurno.
Elas não ligam aos azares
Morrem aos pares
De fome, de ódio, de amor e morte inesperada.

As meninas da rua Aurora
Têm os corpos de fora
Usam brilhantes falsos
Corpos falsos e odeiam a cinco horas da madrugada
Que invade a paulicéia desvairada
Que as leva para seus homens
Que esperam, que velam
Que aguardam, destratam
Que fumam
Que chingam
E as comem.
jgmoreira
Enviado por jgmoreira em 10/02/2007
Código do texto: T376389


Comentários

Sobre o autor
jgmoreira
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 61 anos
447 textos (4101 leituras)
122 áudios (2981 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/20 11:10)
jgmoreira