Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Corpos Ocultos!

Entradas proibidas, saídas incontroláveis,
Vazão constante sem grandes aparatos,
Passagem nada obrigatória, giro diário,
A frase que da farsa foge, quase afugenta,
Transfigurando personagens em toda a rede,
Crias figurativas por passado & presente,
Ainda que a fala aprimora, acertos & erros,
Mais espaço dentro do multi-universo,
Cadeia produtiva para auto-consumo & afins,
Agregados, agregando, possuídos & falidos,
Alucinógeno colírio no branco do cérebro,
Mais uma linha limando, laranja em suco,
Gás que coleta aptos & controvérsias,
Anotações fiscalizadas, engodos por metragem,
Saindo da pasmaceira, atributos & rolagem,
Cine que cita mais forma do que conteúdo,
Síndromes de repetições, ocupações lacustres,
A fantasia que a conta toma em qualquer ação,
Dos espaços buscados, grita & divulga,
A vaga que ocupa, a vala que varia, aves,
Olores & incensos avançam, neo-tensões,
No sacro saco da paciência mais infinita,
Fase augusta de ruas tortas, sem fios,
Mais linhas interrompidas, viagens ocultas,
Destino sem destino, volta sem avisos,
Circula tímida com medo de um não,
Não por retórica, histórico complicado,
Funções mal explicadas, desvios normais,
No anteparo da simulação, viés & versos,
Coloca a lágrima sobre dobras férteis,
Ares escusos para pequenas desculpas,
No cobre por falha, apenas por feitio,
O lado mais calado de uma noite suja,
Varreu meses debaixo do tapete roto,
Nada ficou bem claro, desordem geral,
Rogando esperas num duplo-sentido,
A mão tocou a folha, acabou a tinta!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 16/02/2007
Código do texto: T383177
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 60 anos
3231 textos (122193 leituras)
1 e-livros (245 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/20 04:36)
Peixão