Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quase morto


I

 

Quase morto sem mexer,

Sem frio sem cobertor,

Com pequenas palavras sempre dor,

Quase inerte de pavor

Como se a noite engolisse de manhã

O vulcão de amor.

 

Constantino Mendes Alves
Enviado por Constantino Mendes Alves em 17/02/2007
Código do texto: T385028

Comentários

Sobre o autor
Constantino Mendes Alves
Portugal
324 textos (3971 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/01/21 12:16)
Constantino Mendes Alves