Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OLHOS CASTANHOS

A poesia embriaga,
A luz ilumina a noite.
Por que, então, eu me perco
No castanho dos teus olhos?

Tremula a chama da vela
E perdida ainda estou,
Diz-me qual o caminho
Para sair da escuridão,

Onde habita o teu desejo
De me reter acorrentada
Nessas duas masmorras
Que são teus olhos castanhos.

27/09/04.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 28/07/2005
Código do texto: T38530
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
865 textos (444306 leituras)
19 áudios (11779 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/05/20 19:29)
Maria Hilda de Jesus Alão