Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A chuva

A chuva veio de longe

Com pálpebras de purpurina

Brilha beijando as flores

Com lágrimas azuis que 

diluem e se constituem

preces de agradecimento...

e de dores.

A chuva veio 

esqueceu as penas... não viu

da criança que brincava, o espanto.

Veio trazendo para nós 

A perenidade, o limite...

A superficialidade...

A profundidade

Do seu mistério

Em bocados de mel e de fel.

A chuva veio trouxe

A vida fincada na terra que brota

A morte fincada na terra encharcada...

Alagada.

A alegria da sede satisfeita

A tristeza do afogamento

Trouxe adeus em lágrimas de alegria 

Para que tem sede e fome...

Tristeza aos que agora terão fome e 
frio.

A chuva! Tua realeza espanta e dói.

Tua força faz chorar com força.

Tuas mãos afagam e atacam!

Que sina a tua!

Que por uns é desejada e esperada!

Para outros tem cor de dor e é temida.






MVA
Enviado por MVA em 20/02/2007
Reeditado em 20/02/2007
Código do texto: T387091
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
MVA
São Paulo - São Paulo - Brasil
1964 textos (213668 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/20 15:37)