Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mais um 19 de outubro

Não me sinto velha, nem jovem,
Creio que o pouco que vivi,
Já é muito para uma só vida.
Sinto que,
Nesta jornada.
Ainda tenho muito a aprender.
Quando Deus, achar que chegou
A minha hora...
Partirei...
E virá a dúvida,
Será que cumpri a minha missão?
Com méritos ou ainda...
Será que alguém parte
com débitos?
Mas creio, que quando chega a hora,
Fica essa  sensação, essa dúvida.
Porque na juventude,
Não temos certas preocupações,
O peso é mais leve das responsabilidades.
Essas indagações?
Elas vem com o avançar da idade?
Não sou jovem, nem velha,
Sou apenas um ser, que com o passar dos anos,
Adquiriu uma maior lucidez,
E hoje vive, cuidando para não errar e
se errar, consertar os erros.
Enfim...
procurando fazer a coisa certa,
Enquanto, aguardo a hora da partida!
SilScher
Enviado por SilScher em 19/10/2012
Reeditado em 19/10/2012
Código do texto: T3940575
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
SilScher
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
150 textos (11485 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/05/21 23:08)
SilScher