Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CHUVA E CINZAS


 
Manhã de cinza sem fim.
Chuva fina cai sobre mim.
 
Entranha roupa, cabelos
E lá se vão os meus zelos.
 
Chega à pele, desconforta, gela.
Chuva fina insiste, continua
E molha a alma nua.
Vai mais fundo, entra,
Inunda e desvela.
Traz à tona lembranças perdidas,
no fundo do peito escondidas,
submersas, tantas,
que sufocam na garganta.
 
Chove fora, dentro afoga.
Agora
Chove de dentro pra fora.
Cinzas.

linameirelles
Enviado por linameirelles em 27/02/2007
Código do texto: T395794


Comentários

Sobre a autora
linameirelles
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
695 textos (17034 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 21:48)
linameirelles