Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
FLOR SOLITÁRIA

Como uma flor já madura
retirada do galho
atirada no frio chão
só solidão

A espera do sol para se aquecer
da água para reflorescer
da lua para dar seu brilhar
e nos gravetos não se embaralhar

Sem raiz, caule, sem essência
como uma flor na ausência
a solidão experimenta
e da vida quase se ausenta

sobrevive por um milagre
ainda azedo como vinagre
assim fica a tentar a advinhar
o que da vida tem a ganhar

Que a chuva venha fazê-la renascer
trazer de volta o prazer de viver
que o pássaro a laçe
e com ela se enlaçe



sue2001








 
Sueli do Espirito Santo
Enviado por Sueli do Espirito Santo em 05/08/2005
Reeditado em 19/02/2014
Código do texto: T40553
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Sueli do Espirito Santo
Santo André - São Paulo - Brasil, 69 anos
1483 textos (241548 leituras)
1 e-livros (111 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/07/20 10:10)
Sueli do Espirito Santo