Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU VELEIRO DE MIL CORES

Minha voz ficou presa
No pranto que não tive
Lavo-me em lágrimas
Pela tua indiferença

Navego no meu Veleiro de mil cores
Despejo as lágrimas da desilusão
No Mar da minha esperança

Por mares turbulentos naveguei
Enfrentei tempestades, e adamastores
Ancorarei em porto seguro
O meu Veleiro de mil cores

Pegarei seu leme,
Desfraldarei suas velas
Navegarei por mares revoltos
Deixarei que ventos e marés
O levem ao cais…
Da minha esperança.
Mário Margaride
Enviado por Mário Margaride em 08/03/2007
Código do texto: T405985

Comentários

Sobre o autor
Mário Margaride
Portugal, 68 anos
373 textos (28401 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/20 22:48)
Mário Margaride