Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sabedoria Divinal...

No liame de nossos seres,
Encontrei a felicidade eterna,
Não sabia se vinha de sua alma santa,
Ou se extraia da essência da terra.

Hoje esperando tempos vindouros,
Dei-me conta do que me resta,
Sou de ti e a mim não pertenço,
Não sou dono da vida sincera.

E no auge de minhas lamurias,
Percebi-te na angustia sem fim,
Não me queres tão longe e tão perto,
Mas garantes que necessitas de mim.

E envolto a torturas de meu peito,
Solto as mãos das rédeas do meu caminho,
Sou dependente do que me faz infeliz,
Pois a muito não ando sozinho.

Quero sempre estar ao seu lado,
Pois sofro de qualquer jeito,
Sofro só ou bem mal acompanhado,
Pois arrancaste a única bondade de meu Peito.
Carlos Falcão
Enviado por Carlos Falcão em 09/03/2007
Código do texto: T406597

Comentários

Sobre o autor
Carlos Falcão
Diadema - São Paulo - Brasil, 40 anos
90 textos (2251 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 05:51)
Carlos Falcão