Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O BEIJO

A morte é
traiçoeira e astuta
como o beijo
de uma prostituta.

Traz em seus dentes
giletes letais
que irão cortar
o último fio de vida.

A morte chega
sem avisar,
sem bater na porta.

Entra pelo buraco
da fechadura e
invade o recinto
deixando o cheiro acre
de sua visita.

A morte
é esperta,
ela aperta
com a sua mão
o doente coração,
penetra nos seus vasos,
lhe ceifa a vida.

A morte é um vento
frio e lento,
vem apagar a
chama pequenina
da tua maparina.

A morte pe a motorista
de um carr destruído
e que levou meu avô
para passear por aí.

Como faz uma prostituta
depois de ter beijado.


Julho/1989
Marcelo Lopes
Enviado por Marcelo Lopes em 06/02/2013
Código do texto: T4126382
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo Lopes
Guarujá - São Paulo - Brasil, 50 anos
480 textos (47213 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/19 07:26)
Marcelo Lopes