Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dois poemas de louvor à Natureza

Uma Espiga
 
Uma espiga vibra no vento!
Ó esplendor de sol desvairado,
Ó ventre maturando
seus frutos
Clítoris da terra fremente
Útero
de pão e abundância
Esperança
Flor da Paz.
Umbigo da Natureza fecunda.
Felicidade é ver-te
bailar no azul
e saber que cumprirás
tua sorte
inteira.
Te deixarás colher
e debulhar
e moer
e transformar
em vida nova.
É essa tua essência
de renovado avançar sendo
um ser completo em ti mesmo
um ser total em se dividindo.
 
 
 
 
Grão
 
 
 em si encerra um ser perfeito,
um mundo
pequenino
mas se a terra o comer
a chuva o lavar
 o calor do sol o beijar
há-de ser
raíz
árvore
flor
fruto
semente
geração seguinte.
 
 
Maria Petronilho
Enviado por Maria Petronilho em 12/02/2005
Código do texto: T4135
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Maria Petronilho
Almada - Setúbal - Portugal, 68 anos
1268 textos (136899 leituras)
60 áudios (14442 audições)
9 e-livros (6373 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/07/20 22:55)
Maria Petronilho

Site do Escritor