Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Feridas

Quantas feridas expostas,
No rosto, na pele, na alma,
Todas abertas, sangrando.
Por uma cura clamando.

São feridas recentes
Somadas as do passado
De uma mágoa presente
No coração amargurado.

Sangra o peito sem derramar
O sangue ali guardado
Pois o que lhe dói é amar
Sem saber se ainda é amado.

Chora o coração ferido
Sem ter lágrimas a escorrer
Chora por ter esquecido
De amar e não sofrer.
Ângela M Rodrigues O P Gurgel
Enviado por Ângela M Rodrigues O P Gurgel em 17/03/2007
Código do texto: T415749
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Ângela M Rodrigues O P Gurgel
Mossoró - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
1560 textos (439222 leituras)
5 e-livros (517 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/20 05:00)
Ângela M Rodrigues O P Gurgel