Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESABAFO

Procuro um sonho
que me faça achar
o que nunca tive.

Que tenha luz própria
e o frescor do éter,
que me entorpeça
e eu me entregue
à tua falsa realidade.

Procuro um sonho
que seja de verdade.

E que nele eu viaje
sem destino,
sem passagem.

Sem limites.

Procuro um sonho
que imite
a ilusão
da felicidade.

Que me mude de cidade
e me leve ao espaço.

E não me importarei
com o que eu faço,
contanto que faça.

Procuro um sonho
que disfarce,

para que eu sinta na face
o doce d'um beijo,
a sua luz, seu lampejo

a cor do abtom,
o estalo, o som!

- o tom -

Propcuro este sonho
todo colorido
(você só sonha
em preto-e-branco?)
para à vida, dar sentido.

E em suas cores
viajar, velejar,
- voar! -
sem querer mais voltar.

Há um sonho assim?

Há e eu o quero para mim.

Querro vivê-lo
em cada vão momento
(palavras do poeta)

haja paz,
haja tormento.

Deus sabe
do meu sonho

e se tornará
re a li da de

quando for dEle
também
(sem engano)
e dela:

quando ela perceber
que eu a amo.


27 de Junho de 1994
Marcelo Lopes
Enviado por Marcelo Lopes em 11/06/2013
Código do texto: T4336266
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo Lopes
Guarujá - São Paulo - Brasil, 50 anos
480 textos (46850 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/07/19 10:14)
Marcelo Lopes