Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESABAFO POÉTICO


Nas entrelinhas dos escritos
Dos poetas encontramos
O que têm eles de bonito

Não é possível fraudar a verdade
De uma emoção que arde
No peito de um poeta
Que nada tem de covarde

Ah!Como é rico e de valor
Tudo que ele escreve com amor
Poeta – Ser sonhador
Nem mesmo a atroz dor
Tira-lhe da alma o talento
De transformar em alento
O que lhe aflige por dentro


Poeta, eu não sei se sou;
Nem me atrevo a dizê-lo
Sei apenas, que é nas palavras,
Que, por vezes, encontro consolo!


Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 19/08/2005
Código do texto: T43802


Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
11345 textos (952656 leituras)
16 áudios (8941 audições)
311 e-livros (34557 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/07/20 07:31)
Denise Severgnini