Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Iceberg Quente

De palmas e plantas
Regeladas sem intento
Por tempo quase infindo
Aquieta-se um instante

Sem ser bálsamo constante
Ou caloria impura
Da própria pele esquenta
Entre tuas carnes, labaredas

Dos insanos desejos que nos acompanham!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 20/08/2005
Código do texto: T44019
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 58 anos
3231 textos (120533 leituras)
1 e-livros (243 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 03:14)
Peixão