Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bode


Rosa Pena


Ando como chesseburger 
sem queijo.
Sanduíche sem nome.
Minha poesia
não mais sacia
minha fome.
Inspiração com ócio.
Meu lirismo
pediu o divórcio.
Esse é apenas um
só pra sair do jejum.
Anorexia
até de beijo.
Poema de bode
vê se pode!



março de 2005
Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 05/11/2013
Código do texto: T4557896
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Rosa Pena
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
987 textos (1585234 leituras)
48 áudios (24863 audições)
33 e-livros (31308 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/19 15:32)
Rosa Pena

Site do Escritor