Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nossas magoas


    Mulher perdoe-me...
    Por interromper seu pranto.
    Perdoe minha indiscrição...
    Mas preciso lhe falar.
    Perdoe-m...
    Por intrometer-me em sua vida.
    Mesmo sabendo...
    Que sozinha, tu queres ficar.
   
    Este teu pranto...
    Calou fundo, em minha alma.
    Trazendo a mim...
    Tristes lembranças e todo um passado.
    De dor, solidão e silencio...
    Como você, um dia eu chorei.
    Porque descobri...
    O que era ser, cruelmente enganado.
   
    sei que é difícil...
    Mas enxugue seu pranto, procure esquecer.
    Erga teu rosto...
    Olhe para frente, não deixe a dor te consumir.
    Enxugue teu pranto...
    E venha comigo, esqueçamos as tristezas.
    As nossas mágoas...
    E uma nova vida, juntos vamos viver.

                 Volnei Rua Braga


Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 01/09/2005
Código do texto: T46677
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
2317 textos (155321 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/01/21 20:27)
Volnei Rijo Braga