Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Contato sacro

Mesmo quando as tempestades são duras
Minha alma quer manter-se pura e intocada
Erguendo-se, qual condor, nas alturas
De energia, gastando quase nada...

De costas para o vento, vai flutuando
Conduzida pelas bolsas de ar quente
Não há desgastes nem cansaço: voando
Faz-se parte do Cosmos, resiliente...

Alvo de flechadas, tiros, pedradas
Protege-se subindo mais e mais
Além das nuvens, no azul absoluto

E acha, asas abertas, não rasgadas,
Em átomos infinitesimais,
Deus, que mesmo sendo tudo, é impoluto...

Este soneto,em Concurso do saudoso site "www.notivaga.com"da Magriça,patrocinado por Mirkos Von Breysky,foi menção honrosa,fazendo parte da coletãnea(de papel)"Antologia dos Poetas Notívagos.
clevane pessoa de araújo lopes
Enviado por clevane pessoa de araújo lopes em 04/09/2005
Reeditado em 30/09/2006
Código do texto: T47579


Comentários

Sobre a autora
clevane pessoa de araújo lopes
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 73 anos
555 textos (186525 leituras)
21 e-livros (13559 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/10/20 19:47)
clevane pessoa de araújo lopes