Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O FLETE CANSADO

A saudade do Pago
é um mimoso flete,
cansado!

O trotear longe do Pago
é corredor que não tem fim,
pavio que nunca apaga.

Ai de meu Pampa largo,
seus pirilampos emponchados
de invernos!

Milonga luzindo no pensamento
o mate amargo é gota de chuva
no sertão de tanta saudade.

Nesta trilha de soluços e trastes,
nem a viola nordestina consola.

– Do livro OVO DE COLOMBO. Porto Alegre, Alcance, 2005, p. 101.
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/49129

– Este poema saiu no livro O OVO DE COLOMBO, Porto Alegre, Alcance, 2005, p. 101, com o título de SOLUÇOS E TRASTES; anotação de 12/04/2017. JM.
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 09/09/2005
Reeditado em 12/04/2017
Código do texto: T49129
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 73 anos
3549 textos (892620 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/05/20 13:06)
Joaquim Moncks