Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU GRÃO


O mundo em redemoinho,
Tantos afetos triturados de grande sabor.
Tantos grãos germinaram...
Do meu grão fiquei com a pureza das migalhas.
Meu doce; minha esperança em frutificar.
Era só explodir e virar minha existência dentro dele.
Tantas folhas, flores e cores!
O que me pertencia?
Apenas um grão na minha mão,
O sonho de uma vida que não vingou.
- Ao meu toque.
Com a riqueza da terra,
Sol e o orvalho,
Todas as noites
Aspiro seu perfume.
Meu grão...
Hoje é do mundo.

Verônica Aroucha
Maio/2007
Verônica Aroucha
Enviado por Verônica Aroucha em 23/05/2007
Código do texto: T498463

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Verônica Aroucha
Recife - Pernambuco - Brasil
122 textos (7867 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/07/19 06:33)
Verônica Aroucha