Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Porto de esperanças


Porto de esperança.


Queria andar por ai, e ver pessoas.
Buscar nelas apenas amizade, amor.
Sentarmos conversarmos, entender.
Falarmos de paz, dizer não ao rancor.

Dizer não as guerras, não as drogas.
Brigas de ruas jamais, para termos paz.
Escrever no mural, de nossas vidas.
Que a fé, a esperança, não fique lá traz.

Fazemos do amor uma espada para o bem.
E ver no mundo um porto de esperança.
E darmos ao mundo, o que ele pede a nós.

Como dar as mãos, a quem ajuda nos pedem.
Vamos esconder o egoísmo, sermos humildes.
Mas jamais deixar, que calem a nossa voz.

Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 16/09/2005
Código do texto: T50847
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 73 anos
2317 textos (155172 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/20 09:58)
Volnei Rijo Braga