Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GÉLIDA PAISAGEM




É NEGRA A PAISAGEM
DENTRO DESTE RETÂNGULO
É FRIO O GRAU
DE QUALQUER DOS ÂNGULOS.
GEOMETRIA MORTA
EM TODOS OS LADOS,
CADÁVER-TORTA RETALHADO.
E LÁ FORA, LEGIÃO DE FERAS
QUERENDO VER-ME,
MAS PREFIRO OS VERMES.

(Marcos Cavalcanti)

O solo é frio
Como gélida é a imagem
A compor a paisagem
Retratada na visão
Seres fétidos povoam
As vizinhanças do ser
Que tentam emergir da lápide grotesca
Se a morte é certa
E a verdade é crua
Faço um giro de 180º na grua
E peço asilo na praia deserta
Álgido clima transparece na vida mansa
Que cansa...Tranço meus rumos
Dou adeus as tuas feras
Vou para outras esferas à espera do fim

(Denise Severgnini)
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 25/02/2005
Código do texto: T5181


Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
11345 textos (953846 leituras)
16 áudios (8943 audições)
311 e-livros (34596 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/10/20 04:32)
Denise Severgnini