Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O AMOR É...


O amor é como gelo que queima,
arde,
alivia,
mas adoece!

É fogo que maltrata sem trégua,
é beleza pura,
mas dura de enfrentar!

É sonho que não se sonha,
é grito ecoando no deserto!

É mudez absoluta da fala,
mas a alma sussurra!

O amor é... nunca está!

É noite não dormida!

É dia com sono!

É deflexão,
é reta,
é curva...
reticências sem pontos!

Mata,
mas enternece,
enternece,
mas pode matar!

Mata quem o sente no ressentir do desamor!

Vivifica quem souber senti-lo sem morrer em sua substância!

O amor é gelo,
fogo,
nuvem,
coração em risco!...

Sem ele nada sou ou
sou um simples risco!

©Balsa Melo (Poeta da Solidão)
16.05.07
Brasil
 
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 06/07/2007
Código do texto: T554896
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (93113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/05/21 10:28)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)