Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Foi-se

Foi-se como um veleiro que seguisse o vento
e desaparecesse mar adentro...
Foi-se como um cruzado
em busca do gral santificado...
Foi-se dolorosa e lentamente
como o derradeiro crepúsculo do condenado...
Foi-se... como se a nada se comparasse;
foi-se, sem volta...
Quem me dera que voltasse!
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 08/10/2005
Código do texto: T57938

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (11460 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/08/20 12:50)
Poeteiro