Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INFÂMIA
                 
   Lílian Maial
 
 
A mesquinhez do tolo é fé notória,

Que nasce de uma fonte inesgotável.
Enquanto encontra colo no execrável,
O mal preenche as páginas da história.
 

Qual corpo amordaçado e sem memória,
Tão forte, embora um tanto lastimável,
Caminha o povo ao pé do abominável,
Com tintas de justiça meritória.
 
A venda que esse monstro manuseia

É mais cruel que a trama de uma teia,
Urdida no silêncio que consente.
 

E assim, ganhando forças, segue o cão
Crescendo nas entranhas da opressão
E no bocejo de outro irmão silente.
 
*************
 
 

 
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 22/01/2017
Código do texto: T5889821
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1177 textos (263911 leituras)
21 áudios (13928 audições)
3 e-livros (1490 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/06/19 23:02)
Lílian Maial

Site do Escritor