Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Horas

Passou da hora...
Lá fora nem chove
Mais,nem o frio me condena.
Passou da hora...
Os ponteiros não me avisaram
Que dão voltas inteiras.
Passou da hora...
E nem a bolsa rompeu-se
Ninguém nasceu,não ouviu-se
Nenhum choro novo.
Passou da hora...
E o fruto maduro,sentiu.
Pariu em sulcos,a sua essência.
Passou da hora...
E o que era eterno ruiu
E o fruto maduro na terra
Pariu a dor da espera
De não ser colhido.
Passou da hora...
E a noite chegou sorrateira
Beijou-me a face,alheia
Nem os meus olhos,ela viu.
Passou da hora...
Existiu uma poesia
Que mesmo na hora vazia
Saciou-me,em oração
Passei,sem ver as horas.
Luciane Lopes
Enviado por Luciane Lopes em 08/08/2007
Código do texto: T597857

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Luciane Lopes
Mirassol - São Paulo - Brasil, 50 anos
1215 textos (65069 leituras)
47 áudios (3156 audições)
1 e-livros (122 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/05/21 20:30)
Luciane Lopes